terça-feira, 12 de maio de 2009

Ela me ama

Sábado.  09 de maio de 2009.  Oito da matina. 
Fui tomar café quando me deparo com uma singela pergunta: 
"Que que você tá fazendo acordada ESSA hora?! Teve pesadelo?? Hoje é sábado!"
Respondi: "Bença mãe! Booom dia pra senhora também" (Isso acompanhado com o mais besta dos sorrisos)
Ela: "Deus te abençoe. Vai aonde essa hora?"
Eu: "Eu?! É... vou ali rapidinho..." (cara de quem não entendeu)
Ela: "Ali ONDE?"
Eu: "Você já tomou café? Não ?!  Vou arrumar a mesa, daqui a pouco meu pai chega da corrida..."
Ela: "Priscila para de enrolar e responda!"
Eu: "Voucomprarseupresentedediadasmães"
Ela: "O que??"
Eu: "Já disse... comprar seu presente chuchu"
Ela: "já disse que não ligo pra essas besteiras. Dia das mães é..." 
(com a educação que ela me deu, "encurtei" a conversa)
Eu: "Blá! Já gravei esse discurso sobre economia mamis... Sei disso tudo, mas diz ai... o que gostaria de ganhar amanhã?? 
Ela: "Já falei pra parar com essa mania de me interromper, sabe que não gosto disso e continua fazendo... daqui a pouco tá com trinta anos na cara e continua "respondona". To até vendo como será minha velhice meu Deus, você sabe qual é a opinião do seu pai... se você ficar enchendo o saco vamos para uma casa de repouso." 
Eu: "Deixa de fazer drama... você não vive sem mim... rs E daqui a pouco eu faço 23, não 30!  Responde mãe, o que gostaria de ganhar? Tá precisando de alguma coisa?"
Ela: "Não, se eu precisar eu compro!"
Eu: "Seu humor matinal é contagiante sabia?!" (deve ser divertido dá patada nos filhos ?!) "Uma pista ao menos...diz"
Ela: "Gostaria de ter uma filha menos respondona, menos preguiçosa, mais responsável e que acorde cedo todos os dias. Será que é pedir muito?"
Eu: "Bom... na verdade... tudo junto assim é!"
Ela: "Não seja irônica! Estou falando sério."
Eu: "Eu também to! Só que eu estava me referindo a algo material quando perguntei..."
Ela: "Não me traga algo inútil como no ano passado"
Eu: "oKs! Não vou te presentear com flores (ela até gosta de flores, mas sinto que só fica feliz quando ganha do meu pai...) O que que eu te dei no ano passado heim?"
Ela: "Não lembro... mas sei que não teve utilidade nenhuma. Vai querer mamão?"
Eu: "Hum... não, obrigada."
Ela: "Come! Tá doce"
Eu: "Já disse que não quero!"
Ela: "Vou dá pra Gaya..."
Eu: "Tu sabe que a cachorra não gosta de mamão"
Ela: "Teu pai come então" 

15 minutos depois....
Eu: "Maaaaãe to saindo, me espera para o almoço tá?!"
Ela: "Peraí" (sai ela do quarto apressada) "Aproveita e compra um presente para sua avó e sua madrinha"
Eu: "Depois querem me convencer que mãe só tem uma =/"
Ela: "E não me invente de trazer alguma coisa pra casa!"
Eu: "Tá! Beijo"
Ela: "Se for demorar e for almoçar por lá liga avisando"
Eu:"Tá! Tchau"

Abre aspas....
Sim! Eu a amo! E ela sabe disso! E eu sei que no fundo, bem no fundo ela me ama também...
Não precisamos de declarações de amor formais em datas comemorativas ou demonstrações públicas de afeto para provar. Nem de presentes, ela fica mais contente quando eu a presenteio em um dia qualquer, quando eu chego de madrugada com um pote de sorvete de tapioca e "expulso" meu pai do quarto para contar minhas desventuras ou quando faço uma torta de coco sem ela mandar...
Pequenas coisas que se tornam grandes no nosso dia a dia.
Como ela diz: "Quem ama corrige! Tenta fazer do outro um ser humano melhor e assim se torna melhor também"  E nós estamos sempre nos corrigindo... =]
Fecha aspas.

Voltando ao sábado, quando eu já estava na minha rua...
Eu: "Oi pai!" (08:20 da manhã... segundo mamãe, ele geralmente volta da corrida mais cedo)
Ele: "Pra onde vai?"
Eu: "Vou ali gastar seu dinheiro e já volto" ;] 
Ele: "Hum... cuidado com a pista na hora de atravessar e se demorar liga pra não deixar sua mãe preocupada"

É... na maioria das vezes com meu pai as coisas são bem mais simples ^^

Até qq dia!
=*



PS.: Então... explicando: o post era para ser publicado no domingo, mas infelizmente não tive tempo nem cabeça devido a um fato triste que ocorreu com a família da minha dinda.  E como o dia das mães é todo dia resolvi postar hoje mesmo. 
Pronto. 
Fim!

9 comentários:

Glazii disse...

Ah! *-* eu amei... tudo lindoo.
Pri deixa de ser respondona menina rsrs (brincadeirinha). Concordo prefiro os pequenos atos tbm... podemos demonstrar o nosso amor por elas com simples gestos!

Amanda disse...

Tentei comentar no outro blog pra dizer que sou 47% geek, mas não rolou.
Então aproveito e digo aqui além de dizer que vi minha mãe todinha no seu post, exceto pelo fato que depois de ela falar tudo isso me pede algo muito caro.
kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
Mãe consumista é uma coisa linda.

Bia Kohle disse...

Sabe, dia das mães é todo dia. E eu acho até que o post tem muito mais sabor depois da hora.
Ficou ótimo!

Beijão.

Gisele Amaral disse...

Ai, que coisa legal, essa vida saudável em família! Mãe é um bicho engraçado, mas acho que filho consegue ser mais. Só sei que um complementa o outro e a vida segue, como as manhãs de verão.

[adorei aqui.]

Beijos.
=*

nick@ disse...

Oi De nada é meu prazer poder oferecer aos meus amigos presentinhos =) (imagens)
beijso grandes e tem uma boa semana :*

Flor disse...

Obrigada pelos parabéns! =)
Realmente Rosa de Saron é daquelas bandas q marcam msm, eu agora estou lendo um livro sobre a história da banda e as letras d suas músicas...Mt bom, pq vc entende cada letra!...Ah, e qdo vc puder, vá msm a um show deles pq é INESQUECÍVEL, diferente d qualquer outro! =D

Adorei seu blog, tá linkado!
Voltarei mais vezes! =)

Bjos!
=**

O Profeta disse...

Este mistério da luz
Incessantes são as marés da vida
Este tempo que corre firme em frente
Não há lugar na lembrança para a partida

Porque da próxima vez
Quero ser palhaço e brincar com a dor
Aprisionar a tristeza em balões de cor
Soltar as cordas que prendem o amor

Uma esplendorosa quinta feira



Mágico beijo

mrc9002 disse...

Você consegue dar classe a um simples diálogo familiar... ótimo texto... Parabéns...
E quando puder: http://mrc9002.blog.com
Agora estamos também em podcast (rádio + internet) http://podrir.blogspot.com

Abracios...

Anna Duzzi disse...

Mães são as criaturas mais engraçadas da face da terra! adoro esses textos assim.

Ai posso repetir pela 8932489375zima vez que só o titulo do seu blog já coloca - não sei porquê - um sorrisinho no meu rosto? ;D